GarageBand: Conheça o Editor de Podcasts para Mac

4 Fevereiro 2014 Por Puri
GarageBand: Conheça o Editor de Podcasts para Mac

Salve galera! Sou o Puri e hoje vou começar a falar sobre edição de Podcast utilizando o sistema operacional OS X, da Apple. Neste começo vou apresentar um software que vem com quase todos os dispositivos Apple mas pouca gente conhece, o GarageBand.

O GarageBand é um software desenvolvido pela própria Apple, desde 2002. Atualmente está na versão 11, versão que utilizarei para fazer estes tutorais. Este software é utilizado para edição de músicas em geral, mas ganhou muito destaque por possuir uma excelente qualidade e por ser muito fácil de usar.

Quando você abre o GarageBand, ele já traz alguns templates, como por exemplo, Eletric Guitar (Guitarra Elétrica), para você gravar o som da sua guitarra, ou Piano, Voice (Voz) e assim por diante. E o que mostra o carinho que a Apple tem com os Podcasts é que existe um template específico para Podcasts.

Tela inicial do GarageBand exibindo a tela de templates disponíveis

Quando você escolher este template, ele irá pedir para que você escolha um local para salvar o seu projeto. Recomendo salvar em uma pasta limpa, pois ele irá gerar alguns outros arquivos. Pode deixar as configurações padrões que ele traz.

Salvando projeto do Garageband

Após criado o projeto, ele irá realmente abrir o GarageBand pronto para começar a edição básica de um Podcast. Um fator importante que deve ser observado é que sempre que abrimos qualquer software de edição pela primeira vez, nos assustamos. Seja um Adobe Photoshop, Premiere ou Audition, ou até mesmo o Audacity e assim por diante, porque estes softwares trazem muita informação na tela. Claro que com o tempo você verá que estas informações são necessárias, mas de primeiro momento elas assustam.

O GarageBand já tenta trazer uma interface um pouco diferente, mais amigável, padrão Apple. Eis a cara do bichinho:

Tela de edição inicial do Garageband

Esta configuração inicial que ele traz pode ser utilizada tanto para editar um Podcast quando para fazer a gravação de um. Cada uma destas utilidades será demonstrada nos próximos tutoriais. Agora vamos conhecer um pouco mais cada região do GarageBand.

Primeira sessão do garagaband

A primeira região são as trilhas. Um conceito básico de edição de Podcast é trabalhar com trilhas, ou faixas. Neste caso ele já traz uma configuração de duas vozes e uma trilha para os jingles. Você pode adicionar quantas trilhas quiser, pelo menu Trilha > Nova Trilha Básica. Uma configuração de trilhas que gosto de utilizar é duas vozes, efeitos sonoros e músicas.

Neste painel de trilha você pode renomeá-las clicando duas vezes (tem que ser com um tempinho entre um clique e outro, vai entender), pode também colocar alguma em mute ou ouvir somente uma (ícone de headphone). Mais tarde irei falar sobre o que significa cada um dos ícones que aparecem ali.

Trilhas de podcast no Garage band

segunda sessão do garageband

A segunda região é a área de edição de cada trilha. Esta é a região mais importante do GarageBand é a que você vai passar maior parte do tempo olhando.

Para começar a utilizar esta região basta jogar algum arquivo de áudio para ela como um MP3. Futuramente iremos falar bastante desta região, mas neste primeiro momento saiba que as ferramentas para trabalhar com esta região estão no menu Editar.

Trilhas adicionadas ao garageband

Terceira região do garageband

A terceira região, na verdade é dividida em outras 3: Navegador de Mídia, Informações de Trilha e Loops. Esta região fica no lado direito do GarageBand, conforme imagem.

garageband

E para alternar entre estas as regiões descritas, há 3 botões lá embaixo do GarageBand, no canto direito.

Botões inferiores do garageband

No Navegador de Mídia você pode escolher mídias para utilizar no seu Podcast, como músicas e músicas de vídeos. Ele busca as músicas do seu Mac a partir do iTunes e é só arrastar ela pra faixa que deseja adicionar. Se quiser adicionar alguma música que não esteja no iTunes é só fazer o mesmo processo, mas arrastando o arquivo direto do Finder.

garageband

As Informações de Trilha é onde é configurado cada trilha individualmente. Aqui você pode alterar o estilo de uma trilha, trocando de Voz para Guitarra por exemplo. Particularmente, eu deixo sempre em Voz ou Sem Efeito.

Conhecendo o garageband

E em Loops fica um grande diferencial do GarageBand. Aqui existem centenas de loops prontos para você utilizar no seu podcast e o melhor é que podem ser utilizados a vontade sem se preocupar com os direitos. Conforme você começar a ouvir estes loops irá perceber que muitos Podcasts utilizam eles para fazerem suas aberturas ou vinhetas.

Conhecendo o garageband

Quarta sessão do garageband

A quarta região eu não vou falar muito aqui, porque ela é muito pouco utilizada e neste primeiro momento pode ser bem complicada de explicar, por tanto até recomendo que você a deixe oculta. Estou falando da Região de Áudio. Para ocultar ela você pode clicar no ícone de uma tesoura com uma onda de áudio.

Sessão de áudio do garageband

botão cortar do garageband

Quinta sessão do garageband

A quinta e última região, mas não menos importante, é a barra de controle do GarageBand. Aqui ela é bem explicativa, permitindo que você avance, pare, grave e assim por diante.

Conheça bem cada uma dessas regiões que isto irá lhe ajudar muito na edição de um Podcast. Crie um projeto em branco, adicione alguns arquivos de música nele e saia clicando em cada botão para ver o que acontece. Assim quando você pegar o Podcast para editar, não terá medo de clicar em algum botão e perder toda a sua edição.

No próximo tutorial irei explicar como fazer uma gravação de Podcast no GarageBand a partir do Skype, gravando a sua voz em uma trilha e a voz dos outros participantes em uma segunda trilha.

Abraços do Puri!