10 Coisas que todo podcaster odeia

1 Maio 2015 Por Thiago Miro
10 Coisas que todo podcaster odeia

Lista com 10 coisas que todo podcaster odeia quando acontece em excesso. Alguns deles, relacionados a áudio, nem é preciso ouvir, apenas vendo já sabemos o que vem por aí.

1. éééééééééé

O maldito vício de linguagem. Acontece quando você está falando e pensando no que vai falar ao mesmo tempo.

 

2. Ruído

Ruído, mais conhecido como áudio misterioso vindo do além. Ninguém ouve durante a gravação, mas ele aparece lá na hora de editar e se não for bem cuidado vai ferrar seus arquivos na hora de filtrar.

Em alguns casos, apenas na hora de editar você percebe que havia uma obra de construção civil no seu quarto.

amostra de ruído produzido em gravação no audacity

 

3. Falhas de gravação

O desgraçado do participante não sabe gravar direito ou selecionar o microfone corretamente e o áudio da gravação vem como se ele estivesse no banheiro ou trabalhando como correspondente de guerra captando tudo.

correspondente de guerra

 

4. Conexão ruim

Aqueles dias que nossas queridas operadores de internet nos deixam na mão. A conexão do fulano é tão ruim que quando vamos gravar temos que esperar 10 segundos pra ele responder qualquer coisa por causa do delay gigante.

Já rolou com a gente uma gravação assim.

aviso de conexão ruim do skype

 

5. Interrupções

Pessoas lazarentas que não conseguem se conter e esperar o coleguinha terminar o que está falando. Isso só dificulta o processo de edição depois. Não custa nada esperar sua vez, tranquilo? 😉

Pessoas em show de tv falando ao mesmo tempo

 

6. Respirações ofegantes

A menos que você seja o Darth Vader, coloque a joça do microfone fora da linha de sua respiração. Eu não tenho que ficar ouvindo fungada no cangote por mais de uma hora. Além disso, fazer seu editor arrancar os cabelos caso ele seja paranoico em removê-las.

Gráfico de áudio de respiração

 

7. Silêncio constrangedor

Aquele momento que acaba o papo ou ninguém tem opinião a dar e fica aquele silêncio estranho. Nesse momento o host está com a cabeça quase entrando em curto buscando alguma coisa pra falar para dar continuidade.

O risco de pane cerebral é maior nos casos em que estejam participando convidados na gravação.

gráfico de silêncio

 

8. Ausência de participante convidado

E quando você marca com aquele convidado especial, que vai trazer muito conteúdo, ele vai ser a estrela do episódio. Aí na hora da gravação ele não aparece, não responde whatsapp, messenger, telefone e nem sinal de fumaça.

Nesse momento, para não pirar de raiva, você para, respira e busca uma solução. Se possível, grava o episódio sem o energúmeno e nunca mais volta a convidá-lo. 😉

Cartaz de Perdido exibido em Breaking Bad com a foto de Walter White

 

9. Gravação ruim

Nada é mais cansativo para um podcast que editar uma gravação ruim, tanto pela qualidade do áudio quanto pelo ritmo da gravação.

Por outro lado, é comum ouvirmos que os melhores episódios em vários podcast saíram de gravações péssimas.

sinais de positivo e negativo

 

10. Servidor lento

Esse é certamente o pior de tudo. Depois de passar por toda a batalha anterior para fazer seu episódio ficar pronto, você sobe o arquivo e vai publicar animado. Episódio publicado.

Nesse momento o servidor começa a ficar instável, o site demora dias para abrir, o download fica lentíssimo, as pessoas começam a reclamar, você xinga a empresa de hospedagem…

loadingdownload lento

 

Mas no fim de tudo valeu a pena. Fazer podcast é PHODA.