Construindo com Papai & Mamãe: Tipos de crítica e ouvintes

24 abril 2015 Por Vitor Hugo Mota
Construindo com Papai & Mamãe: Tipos de crítica e ouvintes

Esse texto é especial para os podcasters, mas também pode servir para você, ouvinte. Quem sabe você não se posiciona melhor em relação às críticas ao seu podcast favorito ou ao que tem potencial, porém não te agradou. Então vamos começar com conceitos: críticas construtivas e destrutivas.

Ouvintes

A crítica construtiva não é aquela que vem só pra elogiar. Muito pelo contrário: é aquela crítica que vem apontar determinadas falhas no conteúdo, mas com o intuito de gerar melhorias. Ou seja: nada de palavrões, xingar, comparar com outro podcast dizendo que o outro fez melhor (pois já conversamos antes sobre cópia e inspiração) e coisas de criancinha mimada, sabe? Crítica construtiva é você apontar – EDUCADAMENTE – o trecho que não esteve do seu agrado e SUGERIR como poderia ser melhor abordado. E a melhor forma de dizer isso, é inserir o clássico “Vocês falaram sobre X, Y e z, mas esqueceram de informar tal coisa, que é muito importante também”.

OuvinteO podcaster vai receber isso como um bom apontamento e se dedicar mais na próxima montagem de pauta. Basicamente a crítica construtiva é aquela análise onde apontamos o defeito e ajudamos a consertar.

A crítica destrutiva é a mais comum que existe, muito difundida pelos indivíduos chamados HATERS! Como disse no meu primeiro post, a internet permitiu – através de sua democracia ampla que dá voz inclusive a quem deveria ficar calado – que muitas pessoas se escondessem atrás de seus teclados para desferir agressões à distância. Seja porque o ~camarada~ é um devoto obtuso de um programa e acha que o pessoal que sua produção é única, seja porque ele não aceita críticas aos seus ídolos podcastais jogadores de bocha ou simplesmente pelo prazer de infligir revolta a todos. Isto é problema sério de retenção anal, pois só consegue a atenção dos outros quando vem pra “causar”, como dizem.

Este é o tipo de indivíduo que, acima de tudo, se sente ameaçado em sua zona de conforto. O sujeito que diminui os outros para se enaltecer ou ainda instiga uma briga pra ver o circo pegando fogo. Qualquer coisa que venha de maneira ofensiva e sem sugestões de melhoria é digno de nada mais, nada menos do que exclusão de comentário e bloqueio de IP. Afinal, só porque o podcast é de graça não te dá direito de transformá-lo num pardieiro. Isso não é problema de ego do podcaster: é critério de educação.

Podcasters

Falamos das linhas que um ouvinte deve ou não seguir para ter uma boa participação e entrosamento com seus amados podcasters. Agora, vamos falar COM os podcasters. Vocês também devem ter mais critérios para orientar o crescimento do seu produto. Isso se dá a quais comentários devem influenciar a manutenção do seu produto: os comentários de ouvintes “papai” ou “mamãe”? Vamos a eles:

Podcaster“Ouvintes Mamãe” são aqueles ouvintes que sempre vêm na sua página pra se rasgar em elogios, atribuindo belos nomes a tudo o que você faz e fazendo com que você sempre acredite que está tudo um mar de rosas no seu podcast… Quando na verdade tem coisa que não condiz com o discurso positivista dela. O “ouvinte mamãe” acha que está ajudando quando, na verdade, está prejudicando o desenvolvimento do podcast. É aquele público que te protege da realidade do cenário da produção de conteúdo e que te estagna naquela calmaria que está acostumado a ouvir. Ele nem faz isso por mal, mas acaba fazendo. Aceite de braços abertos os elogios do ouvinte mamãe, mas saiba que até a mãe do jogador Amaral dizia que ele era bonito.

“Ouvintes Papai” são aqueles que dizem a verdade, mas pro seu bem. É aquele que vai te dar o toque do que tá bom e do que tá ruim, com um argumento embasado e que vai perguntar se você já fez o dever de casa direitinho… Mas ele te ama. Entenda que a pessoa que te avisa de algo errado é a pessoa que quer que você faça o certo. Do contrário ele deixaria que você se consumisse em sua própria mediocridade tendendo ao fracasso. Um ouvinte papai, com críticas construtivas, é o comentador perfeito pra qualquer podcast.

Vencedor é aquele que sabe o quão ruim é o gosto da derrota, mas sabe quando a mereceu. Aceite sua derrota como um vencedor, ciente de que fez o seu melhor e de que mesmo com uma crítica negativa não quer dizer que ela tenha que ser destrutiva. Ela está ali para que você entenda o desafio do percurso.

Euler ETI Euler ETI