Lucas Amura e o Português com Humor | Mundo Podcast 

Lucas Amura e o Português com Humor

25 março 2013 Por Mundo Podcast
Lucas Amura e o Português com Humor

PORTUGUíŠS COM HUMOR

PORQUE APRENDER A LíNGUA PORTUGUESA PODE SER BASTANTE DIVERTIDO

Vitrine retirada de www.portuguescomhumor.com.br

O Português com Humor foi um podcast educativo criado por Lucas Amura e Adriano Paciello. Este era um podcast altamente instrutivo e com um potencial gigantesco de crescimento. Infelizmente, o podcast chegou ao seu fim devido a uma fatalidade com um dos criadores.

Em 24 de março de 2013, por conta conta de um infarto fulminante, Lucas Amura veio a falecer. Nós nío temos mais informações quanto condições de saúde e causa exata da morte.

Quem foi Lucas Amura

Acreditar, motivar, empreender e realizar. Sío verbos que me acompanham há muitos anos. Esse sou eu com relaçío í s pessoas e ao mundo.

Sou poliglota e tenho um certo fascí­nio por idiomas (já estudei mais de vinte lí­nguas!), mas minha verdadeira paixío está em usar a voz em locuções, seja para meus amigos em seus podcasts ou em projetos de audiodramas, dramatizações e afins.

Texto retirado de www.lucasamura.com.br

Lucas Amura, conhecido como A Voz da podosfera, era um dos maiores entusiastas e amantes da mí­dia podcast. Neste meio nío há uma pessoa sequer que nío o conhecesse e tivesse admiraçío por seu trabalho.

Lamentamos profundamente a sua morte e desejamos que a famí­lia consiga superar esta perda rapidamente e possa seguir em frente.


Morte e Vida Podcast

Esta é a reproduçío de um dos textos sobre podcast do Lucas Amura mais lidos.

Já me acostumei ao ciclo de nascimento e morte de podcasts. O que é importante: vío-se os podcasts, ficam os amigos.

Agora, a verdade crua e dura é: a mí­dia podcast no Brasil tem dois segmentos. Um, formado pelas grandes mí­dias radialí­sticas; outro, formado por uma maioria de pessoas entusiasmadas (alguns blogueiros) e uma minoria entusiasta.

Naquele primeiro segmento, nío há diferencial. Já no último, o grande diferencial é que tanto podcasters quanto ouvintes se aglomeram em uma rede social í  parte. Há um ní­vel de confraternizaçío que nío pode ser ignorado.

Os podcasts do primeiro segmento nío sío exatamente produções originais. Geralmente sío pedaços de programas de rádio ou das web-tvs das grandes mí­dias jornalí­sticas transformados em mp3 e disponibilizados no iTunes ou qualquer outro agregador.

Os do segundo segmento sío produções próprias, de gente que faz o possí­vel para se esforçar em produzir conteúdo na web (e, na maioria das vezes, eles conseguem). Mas ainda assim nío perde o caráter de uma rede social.

Eu, pessoalmente, espero que o cenário mude nos próximos anos. Os podcasts atuais do segundo segmento devem se consolidar cada vez mais como mí­dia séria, sair do -œpequeno- cí­rculo de ouvintes-amigos e começar a chamar a atençío do grande público.

Aos que morrem, ou entram num estado eterno de -œhiato criativo-, só podemos esperar que os envolvidos tenham aprendido boas coisas durante a breve experiência que tiveram.

Aos que ficam: garra, força, coragem, suor, luta e esperança!



Lucas Amura

Foto: Radiofobia.com.br

Por Igor Gudima

Pra quem acompanha meus posts, sabe que costumo tentar transmitir alegria ou dividir informaçío através dos podcasts que escuto. Infelizmente, neste texto, venho fazer uma homenagem a uma das grandes figuras da podosfera que nos deixou no dia 24/03/12, Lucas Yassumura, ou Amura, como era conhecido nas redes sociais.

Dono de uma voz inconfundí­vel e de uma generosidade sem igual, Lucas Amura ficou mais conhecido como o Podcasteiro, pelo seu quadro de indicações de podcasts no Radiofobia. Justamente no Radiofobia, Leo Lopes fez um programa de homenagem ao Lucas, disponibilizando todos as recomendações do Podcasteiro em um único episódio.

Link -> http://radiofobia.com.br/2013/03/radiofobia-especial-obrigado-podcasteiro-lucas/

O Lucas também auxiliava o pessoal do Jurassicast na realizaçío das dramatizações do programa. O Jurassicast também fez entío uma emocionante homenagem com áudios de algumas pessoas enviados para o programa:

Link -> http://jurassicast.com.br/2013/03/25/obrigado-por-tudo-lucas-amura/

Além dos programas póstumos, com toda a certeza, vale ouvir neste momento difí­cil, alguns dos últimos programas que tiveram a participaçío desta voz marcante e única da Podosfera Nacional.

Temos a narraçío do episódio #05 do Audioconto do Sexo e Tintas, onde Lucas narra este conto com clima portenho.

Link -> http://thiagomiro.info/sexo-tintas/

Há a narraçío do Texto de Erika Pessanha, O Sagrado, para o Po(D)ema #33, onde o Lucas, com sua voz, dá uma profundidade incrí­vel ao texto.

Link -> http://mundopodcast.com.br/podema/podema-33-o-sagrado/

Há também a participaçío mais que especial no Wergeeks #88 sobre esperanto, onde o Lucas dá uma verdadeira aula sobre o idioma. E completando, a participaçío no último episódio do Na Porteira Cast 22 /, onde ele e Adriano Paciello, seu companheiro no fantástico Português com Humor, falam sobre a lí­ngua Portuguesa.

Link -> http://wergeeks.net/2013/01/10/episodio-88-esperanto/

Link -> http://naporteiracast.com.br/npc-22-nossa-lingua-portuguesa

Infelizmente, tive pouco contato com Lucas, exceto em um comentário do Na Porteira Cast, onde ele fez um comentário sobre a minha atuaçío como comentador de podcasts. É realmente uma fatalidade termos perdido alguém tío importante e querido para nós de uma maneira tío repentina, e espero que este texto sirva nío só como uma homenagem, mas também para matarmos a saudade desta voz que sempre representará a podosfera nacional.



Por Kell Bonassoli

Lucas Amura sempre foi uma pessoa altruí­sta e um entusiasta da podosfera. Ele nío era apenas uma pessoa com uma voz linda, ele era uma pessoa de extremo caráter e muito querido por todos. Doce, amigo, desinteressado. Estava sempre disposto a ajudar os projetos de todos, mesmo aqueles que ele mal conhecia. Ajudou com as vinhetas do SxT, gravou o conto do Daniel, estava montando audiodramas para o Cruzador Fantasma. Comentava empolgado sempre que encontrávamos podcasts dos assuntos mais inusitados, estava sempre por perto oferecendo sua amizade, sua cumplicidade e seu conhecimento. Um homem que admirei desde o primeira palavra, um homem que vou admirar para sempre.



Por Daniel Lopes

Lucas Amura nío era um homem comum, ele era pecador, era santo, era guerreiro, era pacifista, era tudo de bom que poderia ser um homem. Ele era engenheiro e construtor, era professor e Mentor, era amigo e familiar. Lucas construí­a a cada dia uma gama de Amigos e colegas, mesmo sem conhecê-lo, muitos falavam ao ouvir sua Voz: “Eu sou muito amigo deste cara”. Eu via em Lucas a figura de um mentor, um condutor, sempre disposto a dar a mío e ajudar aos iniciantes na ardorosa caminhada neste universo do Podcast. Lucas Amura nío era apenas um cara legal com uma voz marcante, era uma espécie de entidade, uma personificaçío da gentileza, humildade, benignidade e companheirismo. Estava ali, mesmo sem ser procurado, para dar apoio aos que precisavam e até aos que achavam que nío precisavam. Uma alma multicultural, multiétnica, multilí­ngue, multiamistoso. A Vida Nos faz ter certas tristezas, quando ela chega ao seu fim, é assim a regra dura de tristeza e do luto, mas com Lucas Amura eu nío vou cultivar o luto com pesar, vou fazer florir a alegria que ele plantou, regou e agora está colhendo. Lucas Amura deixa o status de padrinho da podosfera para se tornar o Anjo da Guarda dos podcasts. Lucas Amura se tornou uma estrela de primeira grandeza e agora esta iluminando todos que ouvem e que produzem podcast. Esteja em Paz, Nosso amigo, Nosso Padrinho, Nosso mestre… Agora, nosso Anjo.



Episódios do Português com Humor

O site do podcast Português com Humor sairá/saiu do ar por motivos óbvios. Eu tomei a liberdade de hospedar os episódios e deixá-los disponibilizados para aqueles que queiram sempre recordar deste projeto de altí­ssima qualidade precocemente interrompido.