Enfim, vale a pena publicar podcasts no Youtube?

20 setembro 2016 Por Thiago Miro
Enfim, vale a pena publicar podcasts no Youtube?

Não é de hoje que essa discussão existe. Para alguns é bom porque seria uma solução para os problemas de hospedagem, distribuição e monetização. Para outros é ruim porque quebraria a concepção de “podcast”… Hum…

Independente da discussão de se podcast só é podcast se houver um feed rss entre a fonte e o ouvinte, o fato é que no Youtube não é possível fazer o download dos vídeos para assisti-los off-line, pelo menos através do app oficial. Nem mesmo é possível ouvir o áudio dos mesmos com a tela desligada ou em segundo plano. E isso é essencial para o podcast acontecer.

Mas vamos nos desvencilhar do termo “podcast” e vamos pensar no que produzimos apenas como conteúdo. O que mais desejamos é fazer com que nosso conteúdo chegue ao máximo de pessoas, independente da forma. Eu mesmo já gravei um DVD com vários episódios do Telhacast para um amigo que não tinha internet. Não me preocupei em definir se o que ele estava ouvindo era podcast ou não.

Então, se o objetivo é atingir mais gente, vejamos números

Aqui no Mundo Podcast publicamos um podcast chamado Podema. O episódio #60 – A Última Pergunta foi um dos melhores dentre os mais de 100 episódios já feitos. Eu gostei tanto deste que decidi captar a timeline do programa editor e postar o vídeo no Youtube, apenas com a intenção de mostrar como funcionava a edição de um audiodrama.

3 anos depois de publicados me veio a curiosidade de checar os números de downloads/visualizações:

No Podcast

Downloads do podcast no site: 7760 downloads

No Youtube

Visualizações do episódio no Youtube: 16897 views

O episódio do Podema no Youtube nunca teve uma grande divulgação, ele simplesmente existe num canal com pouco mais de 800 assinantes. Mesmo assim, ele teve seis vezes mais audiência que o podcast, que é divulgado o máximo possível.

Há também alguns canais de Youtube que republicam episódios de alguns podcasts. Busque por “Nerdcast” e você verá que é assustadora a audiência que eles tem lá, mesmo que seja feito de forma “pirata” por outras pessoas.

É óbvio que não posso afirmar que publicar no Youtube é a melhor forma apenas com um exemplo, mas se o objetivo é difundir seu conteúdo, dá para concluir que vale sim a pena publicar TAMBÉM lá. E se você for bem-sucedido, ainda ganhará uma grana com a monetização.

Mas veja bem, você jamais deve deixar de ter seu cantinho, onde quem assina podcasts poderá pegar seu feed e colocar no agregador, mas ter opções nunca é demais. E mesmo quebrando o conceito do podcast, eu não em importo desde que meu conteúdo atinja mais gente.

Ah, antes que perguntem. Não, você não pode publicar podcasts lá se você usar músicas com direito autoral.