Profissionalizaçío do Podcast - Mundo Podcast 

Profissionalizaçío do Podcast

5 janeiro 2015 Por Guilherme Euler
Profissionalizaçío do Podcast

Muito se fala sobre a tal -œprofissionalizaçío- da mí­dia Podcast, da monetizaçío de sites, blogs, portais, podcasts e tudo mais que se produz na Internet mas pouco se fala sobre como chegar lá.

Para começo de conversa, quero deixar bem claro que a -œprofissionalizaçío- da mí­dia Podcast já existe há algum tempo e você sabe disso perfeitamente, talvez só nío tenha feito a junçío das coisas, mas vou lhe ajudar: Note que, invariavelmente, quando se fala em podcasts, uma das maiores referências é o JovemNerd, nío o Alexandre ou o Dave, mas o site/portal/loja/podcast JovemNerd como um todo. Nerdinho do Jovem Nerd fazendo o sinal de vida longa e próspera | Profissionalizaçío do PodcastEles sío profissionais. Outra referência é o Radiofobia que representarei aqui pelo Léo Lopes, um grande profissional da mí­dia podcast.

Eles ganham dinheiro e vivem disso. Hoje podem até ter diversificado a coisa e encontrado algo a mais para fazer, isso é o comichío de qualquer empreendedor, mas eles vivem basicamente da audiência dos seus podcasts e, no caso do Léo Lopes, do seu profissionalismo em cima da mí­dia podcast. Entío, da próxima vez que pensar em -œprofissionalizaçío da mí­dia podcast-, pense que isso já aconteceu e se você ainda nío é um profissional podcaster, foi você quem ficou para trás e precisa SE profissionalizar.

A Profissionalizaçío

Quando eu digo se profissionalizar, digo de uma forma geral. A profissionalizaçío de um podcast ou de um podcaster começa como qualquer outro negócio, seja de internet ou nío: Investimento. Investir em bons equipamentos para captaçío/ediçío do áudio, uma boa hospedagem para o seu site, uma boa equipe, um layout atraente para o seu blog, vinhetas profissionais para serem inseridas no meio do seu áudio e, principalmente, tempo. Pode parecer besteira, mas tempo é a coisa que você mais vai gastar. Vai gastar tempo procurando uma equipe legal, vai gastar tempo montando uma pauta bacana, vai gastar tempo procurando outros profissionais que irío adorar receber o seu dinheiro para deixar seu blog mais bonito ou seu podcast com uma qualidade melhor, enfim, prepare duas coisas extremamente necessárias se você quer levar a coisa í  sério: Tempo e Dinheiro.

O erro que tenho notado em muitos podcasts ao longo dos anos é que a coisa geralmente começa com aquela famosa frase: -œQuero fazer para me divertir!-. Acontece que antes de lançar o primeiro episódio já existe um site com anúncios do AdSense enfiados lá e, claro, nío tiram os olhos das estatí­sticas. Acompanham-nas como se fossem um recém-nascido prematuro que precisa de toda a atençío do mundo, mas é só para verificar a audiência, certo?

Uma coisa sempre puxa a outra e isso vira um ciclo que vai determinar a qualidade do seu trabalho como um todo, pois, do que adianta ter um excelente conteúdo se o áudio é terrí­vel? Do que adianta ter um áudio excelente se a ediçío ficou ruim? Do que adianta ter um episódio super bacana e bem produzido se ninguém consegue baixá-lo? Do que adianta você ter um podcast se o site que vai apresentar ele para os ouvintes nío aparece no Google ou está tío feio que espanta até os mais corajosos?

Fazer um podcast despretensioso e só por diversío nío é errado. Nunca foi. Mas a partir do momento que você deseja torna-lo um produto, você precisa investir nele. Trabalhar com blog ou podcast é como trabalhar em qualquer outro emprego e isso envolve coisas como: planejamento, horários, tarefas, compromisso e, se brincar, até uma pitada de rotina.

E entío, está disposto a ser seu próprio empregado? 😉