Temas saturados de podcast

13 março 2014 Por Ricardo Delcastanher
Temas saturados de podcast

Quando foi a última vez que, em uma conversa com seus amigos, um deles puxou um daqueles assuntos populares e você o cortou dizendo: “Não vamos falar sobre isso! Já está cheio de gente por aí discutindo esse assunto, provavelmente tudo o que tinha que ser dito já foi dito.”?

Como entusiasta de Podcast, sou obrigado a afirmar: não existe tema saturado.
Podcast é liberdade de expressão. É sua chance de falar sobre qualquer assunto com suas próprias palavras. De ser ouvido por quem se interessa pelo assunto ou se interessa pela sua opinião!

Porém, se você quer fazer do seu Podcast algo profissional e que chegue até a te dar algum dinheiro, você tem que pensar menos como Entusiasta de Podcast e mais como Empreendedor.

Imagine a podosfera como uma grande Praça de Alimentação. Lá no meio, em destaque, está a Lanchonete dos Grandes Arcos Dourados em Forma de M. Você começou a frequentar aquele lugar por causa daquela lanchonete. E até começou a fazer alguns hambúrgueres em casa por causa deles!

Só que um dia você decide abrir um negócio, ganhar algum dinheiro naquela Praça de Alimentação. Lá da sua loja, ainda vazia, você enxerga um enorme movimento na lanchonete em questão. Percebe muitas outras lanchonetes vendendo hambúrgueres, algumas com mais sucesso, outras apenas com alguns clientes curiosos ocasionais e outras onde só os próprios funcionários frequentam…

Como você quer ser um profissional da área (fazer isso como profissão), precisa tomar uma decisão:

  • Por que não abrir uma lanchonete com outro tipo de comida, com menos concorrência? Quando a pessoa não quiser comer hambúrguer, você será uma das primeiras opções;
  • Se você só sabe fazer hambúrguer, por que não tentar algo diferente? Venda lanche aberto no prato, sei lá! Use a criatividade para virar uma boa opção à grande lanchonete, e não apenas mais uma cópia “barata”;
  • E finalmente, se você treinou tanto em casa que tem certeza que seu hambúrguer é melhor que o da grande lanchonete, abra um concorrente. Você sabe que quem provar vai se apaixonar de primeira. E não há nada melhor que a propaganda boca a boca.

Acho que a analogia com temas saturados ficou bem clara, né?