Você não vai acreditar no que este podcaster descobriu

20 maio 2014 Por Kell Bonassoli
Você não vai acreditar no que este podcaster descobriu

Rickrolling like a dog - cachorro pug dançando - Artigo: Você não vai acreditar no que este podcaster descobriu | Sensacionalista

E assim é a fórmula de milhares de postagens pelos blogs e sites digiespalhados por aí.

Uma chamada sensacionalista, um apelo ao lado curioso do ser humano e pronto, click ganho.

Depois do click ganho, o conteúdo pode ser qualquer coisa, afinal, você só queria captar a atenção daquele leitor danado que sempre te ignora nas timelines e redes sociais da vida, não é!?

Pois então… até que funciona, mas será que é isso que você quer para o seu conteúdo?

E será que muitos de nós não fazemos este mesmo tipo de malandragem com o nosso conteúdo podcastal? Será que só estamos aguçando a curiosidade sem realmente dar o que o nosso público espera?

Para fazer bonitinho, o título honesto desta postagem poderia ser: Pare de boicotar a si mesmo!

Sendo assim, abaixo ressalto para vossa degustação,  alguns aspectos que costumam deixar o ouvinte chateado e que até mesmo geram debandada da audiência:

Polêmica X Sensacionalismo

Apresentar um assunto polêmico é saudável e gera bastante engajamento, mas não subestime a sua audiência, o sensacionalismo já presume todo um desrespeito que ninguém quer. O sensacionalista apela para histórias trágicas, é cheio de preconceitos e dá uma melhoradinha na verdade para ela ficar mais interessante. Não faça isso!

Conteúdo que não faz jus ao título

Não vou nem entrar nos méritos de títulos que são praticamente uma charada, afinal, eles são normalmente usados em podcasts de humor e acho extremamente coerente que sejam uma piada.

O título anuncia que fará uma resenha de um livro, anuncia que vai desmistificar o processo da produção da cerveja artesanal, anuncia que vai discutir o paralelo entre a vida de solteiro e a escolha dos sabores de miojo… enfim, não importa o que você promete, cumpra!

Pior coisa é você criar expectativa e a conversa rodar igual cachorro correndo atrás do rabo.

Desvio da Pauta e aleatoriedades

Você olha no seu feed o episódio sobre um tema que você adora, confere o tempo e descobre que tem 2 horas de duração, fica todo empolgado pensando “OMG, 120 minutos de tudo aquilo que eu amo”, mas daí descobre que tem 50 minutos de leitura de e-mail, 20 minutos de jabá, 15 minutos de risadinhas e piadas fracas e que só sobrou um cheirinho daquele tão desejado assunto. Decepcionante, né!?

Piadas Internas

Uma das piores maldições da dita podosfera são as tais piadas internas. O podcaster presume que todos os seus ouvintes fazem parte do seu círculo de amizades ou que ele é tão especial que seus ouvintes são perfeitos stalkers e sabem tudo o que ele publica em suas redes e é claro, seguem todas as suas participações em outros programas.

É claro que tem casos e casos, mas na dúvida, foca no conteúdo, meu bem.

Hoje eu resolvi falar apenas das coisas irritantes. Você tem mais alguma para citar? Aproveita os comentários e mete bronca.

Euler ETI Euler ETI