Po(D)ema #55 – A cura do Incubus

11 agosto 2013 Por Mundo Podcast
Po(D)ema #55 – A cura do Incubus
  • Texto: A Cura do Incubus
  • Autor: Erika Figueira
  • Interpretação: Erika Figueira (@erikapes) – Sexo & Tintas
  • Música: Sucre’s Dilema – Trilha da série Prison Break
  • Duração: 2min26s

Arte da vitrine: Rodrigo Sena

Erika Pessanha - A cura do incubus

A cura do Incubus

Torça pra que algum dia, você cruze seu caminho, com o de um caçador… não fuja quando ele aparecer, ele vai te escalpelar, vai doer profundamente… mas há um grande equilíbrio nessa situação:

Teus demônios virão junto dessa carcaça que você até hoje, não se encorajou a arrancar… a saída deles vai agir como um analgésico… pode ser que venha um luto…

Você terá realmente um enterro, não chore por essa morte, chame carpideiras pra chorar, bandas para tocar… quem vai estar ao teu lado te esperando? Justo alguns destes “demônios” que você teimou em aprisionar.

Os santos e os anjos vão sair do seu caminho, e te prepara: Vai ser terrível olhar pra esses seres “perfeitos”, com auras e asas, e descobrir que não são eles que você tem de mais autêntico.

Seguindo teu velório estarão apenas os demônios que você tanto rejeitou. Você vai olhar pra eles com olhos doces, tentando encontrar nele os seus perdidos, você vai se deparar com seus achados.

Então, quebra o casulo, retire as máscaras, rasgue a velha pele, convide alguns deles pra retornar.

Reencarne, não como homem, santo, criatura em ascensão, dentro de você o que parecia ser uma quarto abandonado de dores, mágoas, “auto abandonos”… era a morada dos dons que você por cegueira, rejeitou.

Passe a olhar o mundo pelos olhos desse diabo ferido… na recuperação dele se encontra a realização dos milagres que os santos te prometeram, e tua ignorância nunca te permitiu enxergar que cumprir o seu destino, só cabe a você.

A escuridão se combate, retirando dela tudo que na verdade, sempre foi luz.

Euler ETI Euler ETI