Gravação e Edição de um podcast

2 janeiro 2013 Por Thiago Miro
Gravação e Edição de um podcast

Apesar de parecer complicado, editar um podcast não é um bicho de sete cabeças. Na verdade, é algo bem simples, porém trabalhoso. Vai ver é por isso que tanta gente acaba entrando pra esse meio. É divertido, é uma aprendizagem, você conhece MUITA gente por conta do podcast.  Tudo que você precisa é ter paciência, pois é um processo longo, ter perseverança, pois as coisas não acontecem imediatamente, como se imagina e seguir algumas dicas imprescindíveis. Cada podcast deve ter sua edição, sua identidade, mas existe um padrão básico que se for seguido já é meio caminho andando pra se ter um podcast agradável de ouvir. Darei algumas dicas de gravação e edição para que seu podcast, já de início, tenha uma boa qualidade de áudio e bom ritmo, algo essencial a permanência do ouvinte o episódio inteiro. Neste post não colocarei qualquer coisa relacionada a site, hospedagem etc. Isto já está publicado em outros posts.


Gravação do Podcast

Para gravar o podcast existem três maneiras básicas. Claro, existem outras, apenas listarei as que mais conheço. 1ª. Via Skype (Com áudio do Skype) Você pode usar o Skype para reunir os participantes e usa algum programa para gravar a conversa. Existem vários programas que realizam esta tarefa. Alguns estão listados aqui -> 5 Programas para gravar conversa no Skype.

  • Vantagem: O áudio gravado vem em canais separados, o áudio do host fica em um canal e o dos integrantes fica em outro canal.
  • Desvantagem: Compressão do áudio. O Skype faz uma compressão para reduzir o delay da conversa, quanto pior estiver a conexão, maior será esta compressão. Em caso em que a conexão esteja ruim, haverá cortes na fala.

Este é o exemplo usado na vitrine desta postagem. 2ª. Via Hangout (Com áudio do Youtube) Você faz a gravação usando o Hangout do Youtube. Você ativa a transmissão e faz o podcast. Ao encerrar a gravação, desative a transmissão e toda a conversa será salva em seu canal do youtube. P.S: A gravação pode ser acompanhada ao vivo.

  • Vantagem: Não há risco de perda da gravação mesmo se a internet de todos cair.
  • Desvantagem: O mesmo do Skype, a qualidade do áudio depende da conexão de cada um, o youtube comprime o áudio para reduzir o delay da conversa, reduzindo a qualidade do áudio.

3ª. Com áudios separados Este é o método usado no Telhacast. Neste caso você terá a melhor qualidade de áudio possível, sem compressão, sem cortes e sem interrupções. Como fazer:

Use o Skype ou o Hangout para gravar o podcast. No lugar de gravar a conversa do Skype, cada participante deve ter um gravador para gravar sua própria voz. O Audacity faz muito bem este trabalho. Após a gravação basta que todos exportem seus áudios em 128Kbps (qualidade excelente para voz) e enviei para o editor do podcast, o mesmo sincronizará os arquivo e editará o podcast podendo remover interrupções, remover pessoas que falaram ao mesmo tempo, ruídos etc. O resultado é imensamente de maior qualidade. No início é um pouco complicado fazer desta forma, mas depois torna-se até menos trabalhosa que as anteriores.

Dica para sincronizar facilmente: Além de cada um gravar seu próprio áudio, grave também a conversa no Skype. No editor de áudio, coloque a faixa de todos e a faixa do Skype. Sincronize as vozes de cada um com suas respectivas vozes na faixa do Skype, tanto ouvindo como pelo desenho do gráfico. Após sincronizar, remova a faixa com a gravação do Skype. Pronto, todas as faixas estarão sincronizadas.

  • Vantagem: Total controle da conversa durante a edição e qualidade máxima do áudio.
  • Desvantagem: É necessário um computador com muita memória, uns 6GB para evitar travamentos.

Todas as opções resultam em algo bom, embora eu recomende a 3ª opção como a melhor.


Edição do Podcast

Antes de tudo, preciso explicar que não ensinarei a editar, apenas darei algumas dicas de coisas que devem ser feitas durante a edição para tornar o ato de ouvir mais agradável.

Print da edição de um episódio do Telhacast.

Edição de Podcast

Legenda: A faixa amarela representa o volume. Vamos Analisar o print-screen acima.

  • Início e Final de Bloco

É possível ver que o volume é reduzido gradativamente no momento em que as pessoas começam a falar. A menos que você seja o Tarantino, não faça quebras bruscas nas músicas, aumente e reduza os volumes gradativamente, de maneira suave. No fim do Bloco, dê preferência para encerra-lo com o fim da música ou do refrão, não faz diferença, mas fica bonito.

  • Vozes

Procure nivelar o volume de todos os participantes. Tecnicamente, isso seria o efeito de normalizar o áudio. Com todos no mesmo volume, a conversa fica muito mais fácil de se ouvir e de ser entendida. Um bom programa para fazer o nivelamento é o Levelator.

  • Transição

É algo parecido com o início e final de bloco, mas é um pouco mais complexo. Você pode simplesmente colocar duas músicas entrelaçadas ou pode pegar duas músicas com alguma conexão e fazer a transição de uma pra outra de maneira que nem se sinta a mudança, o resultado fica muito melhor. Ainda vale a regra: Evite quebras bruscas, a menos que seja algum efeito de edição que contribua para o episódio.

  • Trilha sonora

Procure manter a trilha sonora alta o bastante para ser ouvida e baixa o suficiente para não atrapalhar e nem tirar a atenção da conversa. SEMPRE, antes de publicar, coloque o podcast no seu celular ou mp3 player e ouça. Anote possíveis erros e momentos em que a trilha estiver tirando a atenção do papo. Depois os corrija.

Algo importantíssimo e uma tecla que eu sempre bato, procure usar trilhas relacionadas a temática do episódio.

Exemplo 1: Está falando sobre ditadura? Use músicas que falem da época ou músicas que transmitam o sentimento da época.
Exemplo 2: Este eu vi no Ilha Themyscira e achei excelente. As Deusas conversaram sobre o tema Inveja, a gravação teve um ar sinistro. Para reproduzir este sentimento da gravação usaram a trilha sonora de filmes de terror.

Essas dicas são úteis principalmente para quem está começando, “macacos velhos” já aprenderam isto quebrando a cara.

P.S: Este post é baseado no trabalho feito no Telhacast, você NÃO é obrigado a fazer igual. Adapte a sua maneira e dê sua cara a edição.

Euler ETI Euler ETI