Tutorial: Como criar um Podcast

18 fevereiro 2013 Por Thiago Miro
Tutorial: Como criar um Podcast

Quem após ouvir alguns podcasts, não sente vontade de criar um próprio?

Disclaimer: Este é um post longuíssimo, cheio de links externos, referências e citações. O Objetivo é que, após lê-lo e seguir os passos, você consiga tirar do papel seu podcast e possa publicá-lo com tudo o que é necessário. Recomendo que leia tudo com atenção, inclusive o conteúdo dos links externos. Qualquer dúvida no processo, não deixe de perguntar.

“Não existe pergunta idiota, existe idiota que não pergunta.”


Primeiramente, você pode começar lendo este artigo sobre a definição de podcast: Parece, mas não é External Link; E veja aqui alguns termos usados frequentemente: Termos Podcastais External Link.

Eu, quando ouvi meus primeiros episódios External Link, sempre senti como se estivesse numa conversa onde minha opinião era nula. A ideia de criar um podcast surgiu, mas apenas dois anos depois é que esta ideia saiu do papel e virou o Telhacast External Link.

Tive muita dificuldade com tudo o que tange a produção de um podcast, e quando digo tudo, digo TUDO mesmo. Li dezenas de artigos que falavam, falavam e não diziam qualquer coisa. Assisti a algumas palestras no Youtube sobre podcast e mais uma vez eram um monte de informações complicadas para um leigo. Hoje em dia, com 2 anos de site, fui procurar por artigos sobre criação de podcast e mais uma vez me deparei com os mesmos artigos confusos.

Decidi, então, criar um tutorial, o mais completo e claro possível ao meu alcance, sobre criação de um podcast, passando por todas as etapas até você ter seu primeiro episódio no ar com tudo que seja necessário.

Podcast

O “podcast” surge então como um novo recurso tecnológico, um canal de comunicação informal de grande utilidade, que permite a transmissão e distribuição de noticias, áudios, vídeos e informações diversas na internet, o que contribui para a disseminação da informação de maneira fácil, rápida e gratuita.

A decisão de criar um podcast

Após apenas alguns episódios, todos ficamos com vontade de criar um podcast, queremos expor nossa opinião, conhecer gente nova e tudo isso que a internet pode proporcionar.

Pergunto: Você gostou da mídia podcast? Você ficou com vontade de criar um podcast? Você tem tempo livre para dedicar a produção do podcast? Você está disposto a investir algum dinheiro para ter um podcast no ar? E o principal, você tem alguma paixão que queira expôr em um podcast?

Se você respondeu sim a todas as questões, parabéns, você é um futuro podcaster (Não que você vá conseguir iates, mulheres e dinheiro com esse título).

A escolha da temática

Este é um dos momentos mais importantes na hora de criar um podcast: Sobre o que eu vou falar?

Exemplificando com o Telhacast. O Telhacast foi pensado para ser um podcast musical, por isso a logo é uma nota musical, mas iniciou suas atividades como um cast de variedades onde falaríamos o que desse na “telha”. Com o tempo, fomos descobrindo um formato, uma temática e hoje em dia buscamos ser um cast informativo, que faz pensar, refletir e de alguma forma fazê-lo uma pessoa diferente.

Demoramos mais de 40 episódios pra definir bem o nosso formato, coisa que você NÃO precisa fazer. Se desde o início você tiver um foco definido, rapidamente você já conseguirá atingir o público certo. Exemplifico este caso com podcast 4Cast External Link, podcast sobre profissões e mercado de trabalho. Desde o início, eles sempre tiveram este foco e estão em uma crescente muito bonita de se ver, isto com 24 episódios lançados.

Como disse o Luciano Pires em uma entrevistaExternal Link aqui no Telhacast: “Não importa qual a temática do seu podcast, seja contar piadas, falar de crochê, se divertir, informar, não importa. O que importa é que este propósito esteja sempre claro para o teu ouvinte”.

A temática precisa ser algo que você entenda, algo que você domine. Ninguém ouvirá seu podcast se você não souber do que está falando.

Integrantes e Participantes

Normalmente se começa um podcast com os amigos, pra fazer um “papo de bar”.  Dependendo da escolha da temática do seu podcast, talvez seus amigos não se encaixem.

O que recomendo: Procure por pessoas que entendam do assunto que você deseja tratar em seu podcast.

Você pergunta: E se eu não conhecer pessoas que entendam disso aqui?

O Telhacast é formado por pessoas de diversas partes do Brasil, conheço apenas uma pessoalmente, no entanto formamos uma equipe muito bem entrosada.

Aqui vão algumas dicas pra formar uma equipe caso você não conheça pessoas para tratar daquilo que você deseja:

  • Pesquise por podcasts que já tratem do mesmo assunto que você quer tratar. Geralmente, os ouvintes deste podcast tem interesse no tema e entendem o suficiente pra falar. Entre em contato com estas pessoas através dos comentários.
  • Acesse o Podcasters BR External Link, grupo do Facebook integrado por podcasters e ouvintes. Neste grupo você pode interagir, perguntar, conhecer outras pessoas interessadas em criar um podcast etc. ATENÇÃO: o grupo tem regras sobre postagens, leia-as antes de qualquer coisa.
  • Acesse o Podcast: Discussões External Link, grupo do Facebook integrado em sua maioria por podcasters. Neste grupo você pode discutir a mídia como um todo. ATENÇÃO: o grupo tem regras sobre postagens, leia-as antes de qualquer coisa.

Podcast Team

Quanto a convidados esporádicos, as chamadas “participações especiais”, procure convidar pessoas pelo conteúdo que têm a adicionar e nunca pela “fama” que já conquistaram. De nada adianta o participante levar mil pessoas pro seu podcast para ouvir um episódio e essas pessoas não retornarem depois. Pense sempre no conteúdo, é isso que fideliza um ouvinte. A internet está cheia de baboseiras, aqueles que possuem algum conteúdo a oferecer podem não ter tanto público quanto os que apenas falam idiotices, mas terão, certamente, um público de melhor qualidade.

No fim das contas, você precisa ter uma equipe que trabalhe junta, que tenha amor pela causa e que, acima de tudo, goste de fazer e de ouvir podcast.

A Escolha do Nome do Podcast

Neste ponto não há regra. Eu não sou um exemplo de “batizador” de podcasts, embora o Po(D)ema External Link seja bem criativo.

Se o nome do seu podcast remeter a temática do mesmo vai facilitar a vida de quem faz buscas por podcasts em sites de pesquisa, nada mais. Ninguém ouve ou deixa de ouvir um podcast por causa do nome, com o tempo você vai conhecer podcasts com os nomes mais legais do mundo e com os mais esdrúxulos também, ambos com exemplos de ótimos e péssimos podcasts para se ouvir.

O extinto Enquadrando & Andando possuia um nome espetacular, o Nossocast External Link surgiu de uma piada, afinal, todo podcast que  falar “nosso cast” estará fazendo uma referência a eles, genial.

Se me permite um conselho, procure remeter a temática do podcast. Um exemplo bacana: Biomedcast.

Uma questão que gera polêmica: Colocar ou não colocar “cast” ou “pod” no nome do podcast? Tanto faz. Como já disse, o nome não influi na qualidade do conteúdo.

Dicas:

  • Busque no Google para garantir que já não existe um podcast ou site com o nome escolhido.
  • Veja se o nome que você escolheu não tem outros concorrentes próximos. Em caso de nomes parecidos, pode ser que seu podcast não apareça nem na primeira página das buscas para quem procura pelo seu programa especificamente.
  • Verifique se existem domínios livres com o nome escolhido.

Equipamento

Há equipamentos sofisticados e caríssimos que podem ser usados para gravar um podcast, mas é claro que estamos tratando de um podcast iniciante, então, vamos aos equipamentos:

Lx3000 dentro do pacote original lacrado

  • Computador (Ah, vá?).
  • Headset com Microfone de qualidade – Indico a compra do Microsoft LX-3000 External Link. Dentre os headsets comuns, este é o melhor, sem dúvidas, todos os integrantes do Telhacast usam.
  • O LX3000 possui placa de som própria e conexão USB, ou seja, ele não passa pela placa de som do computador, logo, não capta estática na gravação. O Lx3000 também reduz muito a captação de ruídos ambientes. Não é propaganda, recomendo porque é bom mesmo.

Existem outros headsets mais baratos com boa qualidade, apenas estou indicando o que todos os integrantes do Telhacast e do Os Comentadores usam.

“Um LX3000 e um ambiente silencioso já são mais que suficientes. Não quero gravar sentado no sofá assistindo TV e com o ventilador ligado no máximo.” – Fernando Minotto

Caso esteja disposto a gastar mais, há a possibilidade de comprar microfones profissionais, mesa de som, anti-pufs, mas esta parafernalha sairá mais caro, um investimento que talvez não seja necessário para iniciar um podcast.


Agora trataremos de algumas partes quanto à gravação, edição e publicação do podcast.

Pauta

O guia ou roteiro que dará os rumos dos seus episódios.
Leia -> Pauta: Como criar e guiar seu podcast External Link

Gravação

Atualmente, há três formas populares de se gravar um podcast, vamos a elas:

Presencialmente

Se você puder se reunir com os outros integrantes do podcast para gravar os episódios você precisará dos seguintes recursos:

  • Um headset e um PC para cada um dos participantes, onde cada integrante gravará seu áudio em um programa no computador. São dois os programas mais populares usados para esta função:
  • Um Microfone para captar o áudio de todos, como é feito numa gravação em estúdio. O finado Trompecast era gravado assim.
  • Uma mesa de som e diversos microfones e headsets para todos os participantes. Assim são gravados os episódios do Mamilos e do Braincast.
Eu na gravação presencial do Mamilos em São Paulo

Eu na gravação presencial do Mamilos em São Paulo

Via Hangouts

Leia -> Como gravar podcast via Hangout External Link

Via Skype

Leia -> Como gravar podcast via Skype External Link
Leia -> Gravação no Skype com canais separados External Link
Leia -> Gravar chamadas Skype/Hangout com Camtasia External Link
Leia -> AVS Audio Recorder External Link

UPDATE (22/10/2013): A API do Skype foi/será descontinuada, por conta disso será necessário o uso de aplicativo que funcionem sem esta API. Confira este artigo -> Gravadores Skype que não necessitam API External Link

UPDATE (22/12/2013): O Skype voltou atrás e não irá mais descontinuar a API.

Confira: 7 Motivos para gravar podcast com áudios separados External Link

Edição

A edição do podcast deve ter a cara da equipe, mais precisamente a marca do editor. É um cast de humor? deve ter uma edição que favoreça o humor. Quantas não são as piadas em podcasts que você só ri por conta de uma jogada na edição, ou quantas vezes você se emociona por conta do que o editor fez.

Esta é uma parte que não dá pra ensinar usando texto, mas posso dar algumas dicas:

  • Pratique algumas vezes antes de lançar o primeiro episódio
  • Ouça, reouça e “treouça” o podcast antes de colocá-lo no ar, só lance-o quando ele estiver bom pra você, por que se você não achar bom, certamente ninguém mais vai achar.
  • Leia estes artigos sobre edição de podcast lançados aqui no Mundo Podcast.
  • E a principal dica: Ouça o METACAST External Link, um podcast que ensina a editar podcast. Se você já ouviu e gosta da edição do Telhacast, devo tudo ao Metacast, onde aprendi a base.

UPDATE (06/11/2015): O Metacast se tornou conteúdo do Mundo Podcast.

No mais, a boa edição só vem com a prática.

Trilha sonora

Eu prego que a trilha sonora sempre deve ter relação com o tema, ela ajuda a reproduzir o clima da gravação. Você está falando de algo romântico? Ponha uma trilha que dê esse clima. Está falando de um filme? Use a trilha do filme pra reproduzir no ouvinte a sensação do filme em questão. Já pensou, um podcast falando da série Guerra dos Tronos e na trilha sonora tocando alguma banda emo? Qual o envolvimento que o ouvinte teria com o podcast? Eu já vi isso acontecer. 😉

O uso de qualquer música pode (dificilmente) gerar problemas com o ECAD, órgão que arrecada direitos autorais no Brasil e tem como função repassar este dinheiro aos artistas. Se você tiver algum receio quanto a isso, você pode usar músicas livres.

Se você quiser saber mais sobre o ECAD e uso de músicas livres, que não necessitam pagamento de direito autoral, leia e ouça estes artigos:

Vinhetas e Vírgulas sonoras

Muita gente decide por usar vinhetas de transição de blocos em seus podcasts. A única dica a ser dada neste item é que se preocupe em criar algo marcante, que chame a atenção. O mesmo vale para as vírgulas sonoras.

CUIDADO: O uso excessivo das vírgulas sonoras torna o podcast insuportável, não dá pra ouvir o mesmo efeito a cada minuto do programa.

Não há um tutorial para criá-las, apenas junte vários efeitos e tente fazer algo legal.

Onda de áudio

Leia:
-> Montando uma Biblioteca de Efeitos External Link.
-> Mais locais para encontrar efeitos External Link.
-> Como produzir a abertura de um podcast External Link.

Bitrate

Segundo a Wikipédia:

Bit rate ou bitrate significa taxa de bits ou taxa de transferência de bits. Nas telecomunicações e na computação, o bit rate (às vezes escrito como bitrate) é o número de bits convertidos ou processados por unidade de tempo.

Na hora de exportar seu podcast já editado, pronto pra ir ao ar, você precisará pensar na taxa de bitrate que você exportará o podcast.

É padrão na podosfera a publicação de uma versão do arquivo de mp3 em 96Kbps, considera-se essa a alta qualidade, o áudio permanece bom e o arquivo não fica pesado demais.

Alguns podcasts fazem de forma diferente, já vi podcast publicarem podcasts com uma taxa de 128Kbps, o que deixa o arquivo com 1MB por minuto. Já vi até um podcast que publicava o podcast com taxa de 320Kbps, algo impensável e inviável.

Aqui no Mundo Podcast publicamos uma versão em alta qualidade com 96Kbps e uma versão de baixa qualidade com 32Kbps visando pessoas que possuem internet discada ou que ouvem pelo celular usando o 3G de seus aparelhos.

Tudo vai depender do público que você quer atingir. Basicamente, publique pelo menos uma versão em 96Kbps.

A versão ZIP do podcast

O episódio zipado que alguns podcasts disponibilizam para download não tem nada a ver com a redução do tamanho do arquivo, algumas empresas bloqueiam o download de arquivos MP3, justamente por temerem problemas com o download de músicas com direito autoral. A única saída para os ouvintes de podcast que baixam os episódios nessas empresas é o download do arquivo zipado.

Você é quem decide se coloca ou não uma versão zipada do episódio para download. Se decidir por disponibilizar, há duas opções simples de se fazer:

Basta acessá-lo, colar o link do MP3 e clicar em “Convert file” para converter o arquivo para zip. O episódio é baixado instantaneamente e contado normalmente como um download de arquivo MP3.

Podcast Player

Capa no arquivo MP3

A capa é a imagem que aparece nas telas dos players que possuem estas funções.

– Por que usar a capa?

Porque muitas pessoas, assim como eu, que ouvem dezenas de podcasts, ao passar para o próximo, basta olhar a capa pra saber qual está tocando. 😉

Leia -> Como colocar capa no arquivo MP3 External Link
Leia -> Como inserir tags ID3 no arquivo MP3 External Link

Domínio, Hospedagem e Site

Você está lendo um tutorial para criar podcast, então, serei objetivo: Vá para o WordPress com servidor e domínio próprio, esqueça o Blogger, esqueça o WordPress.com, e nem passe pela sua cabeça o Tumblr.

Existem N motivos para o WordPress ser a melhor plataforma para publicação de podcasts, os dois principais são: plugins e SEO.

Traduzindo:

Plugins são ferramentas que facilitam sua vida na hora de adicionar funções aos sites. Ex: No blogger, para colocar o player, você precisa construí-lo manualmente com HTML em todas as postagens. Já passei por isso, pela falta de informação, é um inferno.

SEO (Seach Engine Optimization), significa aperfeiçoar o site para ser bem ranqueado nas buscas. O WordPress é o mais bem otimizado, além de possuir plugins para melhorar ainda mais esta questão.

Agora, sendo detalhista.

Domínio

O Nome de Domínio é seu Endereço Web. É a sua identidade na internet, sua marca “on line”. Seus leitores irão lembrar-se desse nome e usá-lo para encontrar informações sobre seu site. Como em nenhuma hipótese podem existir dois nomes de domínio iguais para sites diferentes, seu Endereço Web é único.

Procure comprar um domínio que seja fácil decorar. Ex: google.com.

Exemplos dos domínios mais “escrotos” do mundo:

Decora aí! 😉

Existem milhões de empresas de hospedagem que oferecem registro de domínios pelos mais variados preços, com as mais diferentes extensões. Domínios são pagos anualmente e podem ser registrados por até dez anos.

Fique a vontade para pesquisar outras empresas e preços.

Hospedagem

Agora, tratemos da hospedagem, local onde seu site estará disponível na internet, ~a rede mundial de computadores~.

Escolha a empresa de hospedagem de sua preferência para hospedar seu site e domínio. O Mundo Podcast está hospedado na Euler – Soluções em Internet. Já indiquei a empresa para várias pessoas e nunca obtive reclamações. Se desejar contratar, faça, por favor, através dos banners no Mundo Podcast, nós ganhamos comissão por isso.

A quantidade de espaço e banda contratados para hospedar os podcasts vai depender da demanda que você necessitará.

Euler - Soluções em Internet

Euler – Soluções em Internet External Link

Leia este artigo para saber mais sobre hospedagem -> Hospedagem para podcast External Link

Domínio e hospedagem podem ser contratados juntos ou em empresas diferentes, caso você ache mais adequado.

Site

Hora de construir o site no WordPress.

Você me pergunta: Eu não sei “porra nenhuma” de criação de sites, como eu faço?

Após contratar a hospedagem você deve receber os dados para acesso a área do cliente e para acesso ao painel de controle do servidor.

Segundo a Wikipédia External Link,  os dois principais painéis de controle são o cPanel e Webmin. Ambos costumam possuir ferramentas para proceder a uma instalação automática do WordPress. É algo facílimo, basta seguir os passos com atenção.

Artigo do [ Ajuda Blogueiros ]: Como Instalar o WordPress usando o cPanel External Link.

Artigo em inglês: Como instalar o WordPress no Webmin External Link. Não encontrei artigos em português.

IMPORTANTE: Se você não souber instalar o WordPress manualmente, pergunte à empresa de hospedagem que pretende contratar se eles possuem ferramentas que facilitem esta instalação. O Softaculous, Fantastico, Installatron são exemplos de ferramentas que fazem a instalação do WordPress em pouquíssimos passos.

Segundo o Fabio Ayçar (@FatFrog External Link): “A única vantagem que vejo em usar o cPanel é que se você for migrar de host, para outro que usa cPanel, o Backup e restauração é mais simples, isso SE (e somente se) o host configurar para ser simples”.

Após a instalação você receberá os endereços do site (http://seusite.etc) e do painel do WordPress (http://seusite.etc/wp-admin), onde você administrará tudo que vai ar no site.

6 temas WordPress para podcastsExternal Link.

Layout

Antes de iniciar as publicações, pense no layout que o site terá. Leve em conta o conteúdo que você vai produzir. Será só o podcast? Terão colunas? Vídeos? Pense em tudo antes de decidir pelo layout.

Quando estiver decidido quanto ao conteúdo, busque por “Themes WordPress” no Google e garimpe até encontrar aquele layout que se encaixe com o que você deseja, levando sempre em conta a facilidade de navegação. Sites onde você não consegue encontrar o que procura ou mesmo não consegue entender o que está sendo mostrado devido à poluição visual tendem a afastar o visitante.

O MAIS IMPORTANTE É: O layout deve ser o mais simples possível para o leitor. Ele deve conseguir encontrar o player e os links de downloads da maneira mais fácil possível. Pense assim, se você tiver que explicar o layout, ele não está bom. O layout deve ser intuitivo.

Leia -> Player na parte superior da página External Link.
Leia -> Player abaixo da vitrine do post External Link.
Leia -> Como colocar o player nas descrições de categorias External Link.

Exemplos dos piores layouts já publicados:

Para instalar o tema em seu site, leia este artigo do [Códigos Blogs]: Como Instalar layout no WordPress External Link

Plugins

Como já disse acima, plugins são ferramentas que só o WordPress possui e que facilitam muito a vida de quem administra sites nesta plataforma. Para saber como instalar plugins no WordPress leia este artigo do Escola Sites: Como instalar plugins External Link

Os plugins facilitam sua vida. Enquanto no blogger você precisa criar as coisas manualmente com HTML, no WordPress o plugin faz tudo sozinho.

Veja aqui alguns Plugins Essenciais para Podcast External Link.

Lista de plugins usados no Mundo Podcast

Estes plugins são usados no Mundo Podcast e atendem a nossa necessidade. Da mesma forma podem haver plugins que você precise e que não estejam listados, se for o seu caso, pesquise no Google ou pergunte nos comentários.


Publicação

publish to the world

O Site está pronto, o layout está bonito. Agora, chegou o momento de publicar o podcast. Vamos aos passos:

Criação do Post

No lado direito do painel do WordPress, vá em “Posts (Artigos)” e clique em “add new (adicionar novo)”.

Título

Há podcasts que colocam claramente no título qual o tema do episódio, também há podcasts que fazem uma mistura do que foi dito no episódio. Particularmente, prefiro que o título mostre logo do que se trata o podcast. Se for sobre Queen, coloque “Queen”.

Falo mais sobre isso neste artigo -> A Escolha do Título do episódio External Link.

Vitrine

Como no caso anterior, varia muito, embora haja um padrão. As vitrines sempre têm o número e o título do episódio, o logo ou o nome do podcast, ou ambos. Fica a seu gosto o que vai aparecer, aconselho a colocar nome do podcast pelo menos.

Se você for bom no Photoshop, mande ver nas montagens com itens relacionados ao tema e ao episódio. Se não, use alguma imagem relacionada ao episódio, sem montagens.

Corpo da postagem

Coloque uma chamada do episódio com o tema e os participantes do episódio. Faça também um resumo com o que as pessoas ouvirão no episódio, isso é bom para quem vai baixar e para os motores de busca indexarem seu post.

Não esqueça de colocar os links relacionados ao episódio. Tem pessoas que ouvem com o site aberto pra irem acompanhando, olhando os links.

Coloque os links do feed do site (veremos mais a frente como criá-los).

Episódio do podcast

Antes colocar o podcast no post, você deve subir o episódio para o servidor através de uma conexão FTP. Se não souber como fazer, leia este artigo -> Envio de episódios via FTP External Link.

Dentro da raiz do site (pasta public_html) crie uma pasta com o nome do podcast ou com a palavra “podcast” e suba os arquivos dentro dela.

Dica 1: Use sempre letras minúsculas nos títulos dos arquivos. Nunca coloque acentos nem espaços, separe palavras com traços ou sublinhas.

Dica 2: Se você subir o podcast na pasta “podcast”, por exemplo, o link do arquivo mp3 será http://seusite.etc.br/podcast/arquivo.mp3

CUIDADO: Fique atento para não deletar o que não deve.

Com o PodPress ou Powerpress ativado em seu site, haverá abaixo da área de postagem o seguinte item:

Caixa de mídia do plugin Powerpress preenchida com informações do Telhacast

Caixa de mídia do plugin Powerpress

  1. Insira a URL do MP3 e clique em “Verufy URL. Automaticamente serão detectados a duração e o tamanho do arquivo.
  2. Caso não seja automaticamente identificado o tamanho, você pode especificar manualmente.
  3. Caso não seja automaticamente identificado a duração, você pode especificar manualmente.

Com todos estes passos feitos, basta clicar em “Publicar” e o seu podcast estará disponível para o mundo.

P.S: Passos baseados no que é feito no Mundo Podcast. Customize a seu gosto.

EXTRA!

Ativando as estatísticas do PodPress

Do lado esquerdo haverá o menu PodPress, clique nele. Clique em “General Settings” e marque a opção “Enable Statistics”. Salve a alteração clicando no botão no fim da página.

UPDATE: O Podpress foi descontinuado. Como Migrar do PodPress para o Powerpress.

PowerPress

O Powerpress foi adotado como plugin de podcasting no Mundo Podcast. Após algumas atualizações do PodPress, ele passou a apresentar alguns erros, mudei o plugin e penso em porque não tinha mudado antes. 😉

Alguns tutoriais relacionados ao Powerpress e o Blubrry:

Feed

Se você não tem feed, você NÃO tem um podcast. O que é feed? -> http://pt.wikipedia.org/wiki/Feed External Link Feed

Com o feed, o ouvinte não precisa acessar o site para baixar o podcast, ele receberá o podcast em seu agregador de feeds, que será baixado automaticamente.

Muita gente acha que feed é ruim por não gerar visualizações de página. Bom, falando com exatidão, Podcast é o meio de distribuição de conteúdo em áudio. Entendeu? O Feed transforma o arquivo de áudio em Podcast. Sem feed, não há podcast. Quer ter visualizações de página, produza conteúdo além do podcast.

Você pode ter o feed de duas maneiras:

Automático: O feed automático é bom, mas tem limite de tamanho. A partir de certa quantidade de postagens, as últimas deixarão de aparecer para lugar às novas. É uma boa opção para publicar todas as postagens do site, incluindo o podcast.

Leia -> Como criar feed automático External Link

Manual: O feed manual é um pouco trabalhoso de criar, mas o método é simples. Com o feed manual você sempre terá todos os episódios do podcast disponíveis para download (aconselhável usar feed manual apenas para as postagens do podcast).

Leia -> Como criar um feed manualmente External Link

Caso você já tenha um feed e deseje mudar sem perder os assinantes existentes, leia este artigo: Como mudar a URL do Feed External Link.

Caso você publique podcasts no Blogger, confira este artigo sobre Como Criar um Feed para Podcast no Blogger External Link.

Leia -> Por que usar o Feedburner para podcasting External Link.
Se decidir sair do Feedburner, leia -> Como sair do Feedburner sem perder assinantes External Link.

iTunes

Não é obrigatório estar cadastrado na iTunes Store, mas saiba que este é o maior diretório de podcasts do mundo. Muita gente busca por novos podcasts para ouvir por lá. Se desejar fazer parte deste diretório, leia este artigo -> Como registrar seu podcast na iTunes Store External Link. É necessário um feed para cadastrar seu podcast na iTunes Store. Execute o item anterior primeiro.

Incentive que seus ouvintes classifiquem seu podcast na iTunes Store para dar maior destaque ao seu podcast. Indique este post -> Como Classificar um podcast na iTunes Store External Link.

Caso ocorra algum erro com se cadastro na iTunes, veja nesse post a solução já não está listada:
Erros comuns do iTunes e como corrigí-los External Link.

Se você já cadastrou seu feed na iTunes e deseja mudar, dê uma lida neste artigo -> Como alterar o feed no iTunes External Link.

Deezer e Google Play Music

Em outubro de 2015 dois gigantes entrarem na mídia podcast com tudo. Tanto o Deezer quanto o Google Play Music agora possuem áreas dedicadas a quem ouve podcasts. E cadastrar o seu nessas ferramentas é algo bem simples. =)

SEO Para Podcast

É importante que seu site também seja otimizado para que os buscadores consideram seu conteúdo relevante para quem busca algo relacionado a áudio. Por isso confira os seguintes artigos:

Ainda dentro da parte de SEO, a experiência do usuário é fator primordial de posicionamento nas buscas. Então, buscando oferecer uma facilidade maior para o ouvinte ouvir o episódio, tem-se seguido uma tendência de levar o player e botões de download do episódio do fim para o topo das postagens.

Veja mais sobre isso em: Player e Links de Download no Topo External Link

UPDATE (18/11/2014): A partir da versão 6.0 o Powerpress terá ferramentas próprias de SEO muito similares as usadas no tutoriais citados acima.


Divulgação

Com seu podcast no ar com tudo que é necessário, resta começar a divulgá-lo. Você não pode ficar parado esperando que as pessoas adivinhem que seu podcast existe. Vá atrás dos ouvintes. Leia os seguintes artigos:

Relação entre Podcaster e Ouvinte

A partir de agora, você é um podcaster e um formador de opinião. O que você falar não entrará por um ouvido e sairá pelo outro. Nós do Telhacast acreditamos em uma relação próxima da equipe com os leitores e ouvintes. O Daniel Lopes External Link escreveu um texto sobre ter uma boa relação entre o Podcaster e o ouvinte.

Leia -> Relação entre Podcaster e ouvinte External Link

Regularidade

O último item do tutorial trata de regularidade nas publicações. Eu sei que nem sempre é possível lançar os episódios na data certa, mas faça o possível para manter uma regularidade. Este é um dos fatores para a fidelização do ouvinte, se ele não souber quando sai um episódio novo, talvez nem lembre de checar novamente.

Leia também: 10 Dicas para novos podcasters


Falando num âmbito do Brasil, acredito que o podcast será uma mídia de muita força, ainda não é. O alcance do podcast ainda é ínfimo, não chega à meio por cento da população brasileira.

Torço pelo surgimento de cada vez mais podcasts com conteúdo de qualidade, que façam as pessoas pensarem e aprenderem.


refresh icon Este post está em constante atualização.